(11) 4215-7665 | (11) 97649-9423 contato@tipopublicidade.com.br

Coronavírus: Como fazer um planejamento de gestão de crises?

 O uso da gestão de crises dentro de uma empresa é uma estratégia que pode ser implementada em diversas situações, desde uma crise financeira ou até mesmo para planejamento de algo que possa refletir no futuro do seu negócio.

Considerando o cenário atual devido às circunstâncias do Covid 19 — Coronavírus que tem sido preocupante em diversas áreas, inúmeras empresas estão a adotar medidas emergências, entre elas o uso de um planejamento de gestão de crises, de modo  a neutralizar, melhorar ou alavancar a empresa.

Entretanto, sabem quais são os principais pilares para um planejamento de sucesso? No tema de hoje abordaremos algumas dicas essenciais que você, como empresa, deve conhecer! Saiba mais:

Criação de uma equipe dedicada à gestão de crises

Nesta etapa é necessário que você crie uma equipe qualificada e destinada aos cuidados a respeito do coronavírus. Os responsáveis por este grupo precisam estar conectados e antenados a todo o tipo de informação que desrespeito ao vírus, treine as pessoas envolvidas na execução do plano para garantir que elas estejam prontas para qualquer emergência.

Não é uma regra, mas o ideal é a criação de uma equipe diversificada, dessa forma terá um time misto que apresentarão diferentes informações de conteúdos, ou seja, maior produtividade e soluções criativas.

Outra opção é separar por categorias as equipes, por exemplo:

  • Equipe de comunicação/marketing/RP: responsáveis por organizar, planejar e transmitir toda a comunicação interna e externa. Fora isso, cuidará de toda a comunicação da empresa nas redes sociais.
  • Equipe jurídica: o seu papel é entender as exposições a riscos da organização e aconselhar sobre respostas apropriadas.
  • Equipes de resposta operacional: elas lidam essencialmente com o resto, inclusive estabelecer os fatos que os outros dois grupos precisam para fazer o seu trabalho.
  • Equipe de gestão financeira: responsável por toda a situação financeira, a fim de tomar as decisões gerenciais mais adequadas para maximizar os resultados financeiros.

Planejamento de metas

Após a montagem da equipe qualificada, estabeleça metas que acreditem serem as mais eficazes para este momento. Se for necessário, use indicadores de gestão de crises e estimule os seus colaboradores a buscarem alternativas de executar processos, seja na linha de produção, vendas, resultados, posicionamento de marca, entre outras ações.

Estimule-os a enfrentar este cenário e reconheça as melhores opiniões, dessa forma a sua empresa se mantém competitiva e se sobressair no mercado.

Esteja de olho aos cenários negativos

Este tópico está relacionado ao de cima, já que se trata de um planejamento, porém aqui estamos falando sobre quais seriam os cenários negativos que devem estar no seu radar.

Como os funcionários e os clientes estão preocupados, existe uma alta possibilidade de interrupções de receita. Os clientes mudarão os seus comportamentos, por isso a recuperação pode não ser rápida, mas com a gestão estruturada é possível visualizar as próximas decisões a serem tomadas.

Sendo assim, faça uma projeção dos próximos trimestres, é nesta ocasião que vale analisar o seu investimento e pensar numa receita reduzida, fora isso trabalhem em ações focadas para diminuir quedas muito representativas.

Esteja preparado para o cenário econômico atual

Mesmo que,   na prática não seja preciso tomar decisões drásticas, muitas empresas agem imediatamente cortando investimentos, reduzindo a produção e demissão de alguns colaboradores. Porém, se esquecem de que tudo isto também tem um custo, será que é melhor seguir este caminho? Ou, há outras maneiras a serem pensadas?

Portanto, antes de tomar qualquer atitude, vale a pena analisar com cuidado cada ação a ser implantada. Fique atento aos dados financeiros, verifique a posição do estoque, evite o excesso de horas extras e cuide bem da contabilidade, não misturando as contas pessoais com as da empresa.

Posicionamento de marca

Elabore uma estratégia de comunicação com os seus públicos-alvo, atrelado a uma boa produção de conteúdo para redes sociais, blog e assessoria de imprensa.

Às mensagens de uma empresa durante uma crise devem ser autênticas e precisam mostrar empatia e solidariedade.  É importante abordar uma comunicação com todos os públicos-alvo da organização, use o momento ao seu favor e também para ajuda-los ao criar conteúdos de valor.

Enfim, essas foram as nossas dicas de hoje a como criar um planejamento de gestão de crises! O que acharam?  Esperamos que tenham gostado, em breve um novo conteúdo para vocês 😉