(11) 4215-7665 | (11) 97649-9423 contato@tipopublicidade.com.br

Quando se trata de marketing digital, existem muitas estratégias diferentes para gerar leads,  gerar conversões e reforçar a sua marca. Provavelmente você já sabe quais são seus objetivos, com quem está lidando e quem é seu cliente ideal. A partir disso é importante saber quais canais de comunicação escolher para aproveitar ao máximo seu empenho na estratégia de marketing.

E é aqui que entra uma informação muito importante: para o mercado B2B as redes sociais por exemplo servem apenas como relacionamento, mas o e-mail ainda é o canal mais utilizado para transações entre empresas e que funciona tanto para se relacionar quanto para vender para o seu cliente. Esse é o canal mais eficaz para documentar as negociações e para fazer novos pedidos.

 

 

Por que as empresas devem criar uma estratégia de E-mail Marketing B2B?

Quando bem planejado e alinhado com as demais estratégias de marketing, o e-mail marketing pode trazer resultados surpreendentes de novas vendas e compras recorrentes. Existem várias pesquisas que analisam quanto de retorno pode-se chegar com o e-mail marketing. Vamos dar uma olhada nos números de alguns estudos sobre o tema:

  • O e-mail é um ponto de contato importantíssimo ao longo da Jornada do Cliente, 73% dos profissionais de Marketing de nível sênior acreditam que o e-mail Marketing é fundamental para os negócios (Salesforce);

  • Através do e-mail Marketing a sua empresa tem 40 vezes mais possibilidades de adquirir um novo cliente do que pelo pelo Facebook ou pelo Twitter (McKinsey);

  • Um e-mail Marketing pode dar aproximadamente, 40$ de retorno para cada 1$ gasto (Direct Marketing Association);

  • Mais de 72% das pessoas preferem receber conteúdo promocional via e-mail, comparado com 17% que preferem receber pelas redes sociais (Marketing Sherpa);

  • E-mails Marketing personalizados aumentam o CTR (click-through rate) em 14% e as taxas de conversão em 10% (Aberdeen Group);

  • As probabilidades de receber um clique por meio de um e-mail, são seis vezes mais elevadas do que por um post no Twitter, por exemplo (Campaign Monitor).


Podemos ver nesses relatos o quanto o e-mail marketing é importante e deve estar dentro do seu planejamento de marketing, principalmente para indústrias e empresas B2B que tem parcerias duradouras com seus clientes e fornecedores.

 

 4 Dicas de E-mail marketing B2B

Agora vamos analisar um pouco mais e abordar sobre algumas das coisas que você precisa saber antes de embarcar nessa jornada:

 

1 – Pense em seus clientes e entenda as diferenças

No marketing B2B, os clientes se comportam de maneira diferente e fazem escolhas diferentes. Nesse modelo de marketing você está abordando um público mais racional.

Muitas vezes, os clientes regulares são menos informados sobre o que estão comprando e são suscetíveis a caprichos e impulsos. Já os clientes empresariais sabem desde o início o que precisam. Eles não baseiam suas decisões de compra no seu humor ou estado de espírito. Eles estão tomando decisões racionais com base no que precisam e em uma boa relação custo-benefício. 

Quando você fala com clientes corporativos, é necessário levar em consideração o fato de que eles são diferentes e agem de maneira diferente dos clientes regulares!  Também deve considerar qual o mercado de atuação desse cliente, pois assim poderá personalizar a mensagem de acordo com as necessidades dele e com isso tendo uma taxa de conversão muito maior.

 

2 –  Faça um cronograma de atividades

Óbvio que você já sabe que o conteúdo é o principal, precisa ser elaborado e muito atraente, personalize, crie uma identidade visual que desperte o interesse, importante ressaltar que é muito válido criar um calendário editorial para que a sua estratégia de email Marketing B2B possa ser validada sempre que precisar.

A parte visual do seu Email Marketing precisa ser leve, limpo e de fácil leitura, é necessário chamar a atenção do seu cliente de forma inteligente, visual alinhado à identidade visual da marca e dos produtos, o seu calendário editorial pode ser dividido por temas, exemplo: um envio sobre os serviços e produtos da sua empresa, um envio sobre conteúdos diversos ligados a área de atuação da sua empresa, até mesmo adotando um contexto mais enxuto, com uma unificação dos envios para aqueles clientes que preferem menos mensagens.

Para te ajudar, confira algumas dicas para criar o seu E-mail Marketing:

  • Crie um cabeçalho preciso, simples, esteticamente bonito e use sempre a logomarca de sua empresa;
  • Estruture o HTML do e-mail de forma intuitiva e que desperte o desejo de clicar nos links e CTA’s;
  • Para termos boas taxas, precisamos ter um assunto que seja atrativo para fazer a pessoa abrir o e-mail, e um título interessante para convencer o cliente a ler o restante do conteúdo.
  • Disponibilize todos os contatos para facilitar quem deseja falar direto com sua empresa para tirar qualquer possível dúvida.

 

3 – Monte um calendário

Planeje as suas campanhas com uma programação regular, atenda às expectativas dos seus clientes enviando e-mails quer seja semanalmente, quinzenalmente ou mensalmente, estabeleça dias e horários para o envio dos e-mails e habitue os seus clientes a estarem sempre esperando aquela mensagem da sua empresa.

Diversos estudos apontam que os melhores dias para o envio de E-mail Marketing são as terças e às quartas-feiras, na parte da manhã. No entanto aconselhamos que façam testes, sempre analisando os dados para mensurar os resultados. Outra dica muito útil é enviar os e-mails com conteúdo realmente relevante e que seja aderente ao negócio do seu cliente.

Lembre-se de sempre se comunicar de forma personalizada com cada cliente, chamando-os pelo nome, falando o nome de suas empresas e aspectos do mercado de atuação, com isso você terá um engajamento maior da sua base e consequentemente conseguir novas vendas. 

 

4 – Utilize Call to Action

Toda mensagem enviada aos seus clientes precisa de uma ação, geralmente o call to action vai em um link, muito comum deixar as palavras destacadas em negrito e com cores distintas, num botão ou banner por exemplo. A inclusão de um call to action deve ser “na medida” para que ele execute a ação que você deseja, como um preenchimento de formulário, solicitação de orçamento, assinar newsletter, enfim, quaisquer ações que estejam no objetivo do planejamento definido previamente. 

 Algumas ideias para call to action:

  • Garanta já;
  • Mais informações;
  • Últimos dias de campanha;
  • Seja o primeiro a descobrir;
  • Últimas unidades;
  • Compra agora.

 

Antes de enviar um E-mail Marketing faça um Checklist

  • Personalize o assunto do E-mail já no título;

  • Segmente a sua lista antes de enviar, pode começar por exemplo com base na frequência com que um cliente interage com o seu conteúdo, quais os produtos ou serviços que os seus clientes usam ou o seu estágio na Jornada de Cliente, suas possibilidades de segmentação são ilimitadas;

  • Faça os seus E-mails serem compatíveis com os principais navegadores e gadgets;

  • Teste os seus envios com seus próprios E-mails, e em seus dispositivos móveis, faça isso antes de enviar para seus contatos;

  • Acompanhe e mensure os resultados, crie KPIs das suas estratégias de e-mail Marketing e os analise mensalmente. Os KPIs mais comuns são: aumento da base de e-mails engajados, taxa de abertura, taxa de cliques e ROI.

 

E aí, gostou do conteúdo? Você tentou alguma dessas estratégias? Conte pra nós como foram seus resultados aplicando essas técnicas! Com essas dicas de e-mail marketing, você será capaz de ter mais retorno com suas campanhas B2B. Bons negócios! 😉